FANDOM


Capítulo 2: A Condessa do Clube
Universitários - Capítulo 2.jpg
Nome Capítulo 2: A Condessa do Clube
Escrito por [[Usuário:João PDF|João PDF]]
Data de lançamento 12 de outubro de 2013
Simsérie Universitários
Classificação A leitura não é recomendada para menores de 14 (catorze) anos. 14 anos

Cronologia
Capítulo Anterior Bem-vindo à UNESIM!
Próximo Capítulo Starla, Me Perdoe! (se Valéria não aparecer)
A Vadia da Noite (se Valéria aparecer)
Mudou-se.png

Propriedade

Universitários - Capítulo 2: A Condessa do Clube é de propriedade de João PDF. A menos que a edição seja construtiva ou de poucos detalhes, peça permissão ao autor para editar a página.


Após passarem o dia estudando, Starla, Estevão e Vandilson estavam animados para ir ao clube, mas algo inesperado aconteceu:

-Merda, estou ficando gripado. – dizia Vandilson.

-Tem certeza de que vai poder ir ao clube? – perguntava Starla.

-Acho que não, eu estou com um pouco de enjôo...

E Vandilson corre até o banheiro para vomitar. Após isto, ele decidiu ficar no dormitório, já que continuava com enjôo.

-Parece que somos só nós dois agora, Steve.

-É...

-Bem, então vamos chamar o táxi logo?

-Deixa que eu chamo!

-Ok!

Estevão pega seu telefone, e pede ao táxi uma carona para o clube "A Noite Toda". O táxi logo chega, e os dois entram nele. Enquanto não chegam no clube, eles conversam um pouco no táxi:

-Estevão, você bebe?

-Bem, eu nunca bebi.

-Você quer virar umas garrafas comigo?

-Hm, porque não?

-Acaba com o fígado mas é muito bom, acredite.

-Sabe, eu acho que vamos acabar fazendo MUITAS coisas essa noite,

-Ah, é? Vamos ver, benzinho. Acho que nós vamos fazer mais do que simplesmente tomar bebidas.

Enquanto isso, Estevão pensava: "EU ADORO ESSAS UNIVERSITÁRIAS!!!"

Eles logo chegam ao clube, e saem do táxi. Estevão e Starla entram no local e ele propõe um jantar, que Starla aceita.

Eles se sentam à mesa, e Estevão diz a Starla:

-Hm, eu vou querer um frango frito. O que você quer?

-Pode ser frango frito também.

Assim, ele chama a garçonete e pede dois frangos fritos. Enquanto esperam, conversam mais um pouco:

-Starla, por que você quis que eu viesse até aqui com você?!?

-Bem, é que você parece ser legal.

-Sério? Er... obrigado.

-De nada, docinho.

-O que disse?

-Er... nada, nada.

Perto deles, havia uma mulher diferente no bar, uma mulher de pele azul, dentes afiados: uma vampira. Ela bebia os drinks e lamentava:

-Todos os caras com que saí me rejeitaram, por que isso? Isso é preconceito comigo.


E o barman respondia:

-Bem, talvez porque seus dentes machucassem a boca deles.

-Mas o que eu posso fazer? Vampiros são assim!

-Porque não procura um cara vampiro?

-É meio difícil encontrar um por esses lugares, não?

-Olha, eu não sei.

-Ah, não sabe? Então vá se ferrar! É pedir demais um homem na sua vida? Que merda!

-Não fique tão brava, moça.

Enquanto isso, o frango frito já havia chegado ao casal, que comia e conversava:

-Hm, que gosto bom! – dizia Estevão.

-A sua boca também deve ter.

-Oi?

-Nada, nada.

Os dois então devoraram o frango, calados.

Após tomar várias doses, já bêbada, a vampira dizia:

-Merda, minha vida amorosa e sexual sempre foi um fracasso, é difícil achar um bom homem!

-Quer mesmo falar da sua vida sexual num bar, senhora?

-Puta merda, agora já sou chamada de senhora. Que grande fracasso o meu, não?

-Não foi isso que eu quis dizer...

-Eu sei muito bem o que você quis dizer. Nossa, estou tão bêbada que eu agarraria e treparia com o primeiro cara que ver pela frente.

Ao ouvir isso, o barman logo se esconde.

-Ei, o que você está insinuando? Ok, eu encontro outro cara...

Com algumas dificuldades, a vampira se levanta, e logo vê Estevão, sentado numa mesa com Starla. Ela logo começou a dizer a ele:

-Ei garotão, meu nome é Condessa Valéria. Você topa trepar comigo por §200?

-Hein?

A vampira logo puxa Estevão da cadeira e começa a agarrá-lo, enquanto Starla observa, sem palavras.

-EI! O que está fazendo? Me larga!!!

Porém, logo após isso, Estevão começou a agarrar a Condessa também, já que o beijo o afetou de alguma forma.

-Eita, você beija bem! – dizia Estevão, alterado.

-Garotão, o que me diz de ir até aquela cabine?

-Tirar umas fotos?

-Claro, fotos...

Os dois entram lá, e a cabine começa a balançar.

-OOah, que fotos são essas?!?! Vai com calma!!! Nossa, que apetite!!! – dizia ele.

Depois disso, eles saem da cabine e checam as fotos.

-Estevão, isso não vai ser muito útil pra mim, quer ficar com essas fotos? – perguntava Valéria.

-Claro, vai servir nas minhas noites solitárias.

Após isso, Estevão senta-se na mesa novamente, enquanto Starla observa, desolada. Revoltada, ela diz:

-Mas que MERDA foi essa? VOCÊ SIMPLESMENTE TRANSOU COM UMA VAMPIRA NUM CLUBE NOTURNO, EM PÚBLICO!!!

Ela então estapeia ele e corre para o dormitório, triste.

-Vixe, deu merda! Melhor eu cair fora! -diz Valéria.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória