FANDOM


A Queda
Misery Business - Capítulo 6 (capa)
Nome A Queda
Escrito por AmandaMM
Data de lançamento 30 de Junho de 2014
Simsérie Misery Business
Classificação Classificação 14 anos 14 anos

Cronologia
Capítulo Anterior Sobre Pressão
Próximo Capítulo A Miséria Cabe a Cada um de Nós (último capítulo)
Mudou-se

Propriedade

Misery Business - Capítulo 6: A Queda é de propriedade de AmandaMM. A menos que a edição seja construtiva ou de poucos detalhes, peça permissão ao autor para editar a página.
Misery Business - Capítulo 6 (01)

Patrick entra no quarto de Thomas e diz:

- Já são três horas. Preparado para amarrar-se pelo resto da vida?

Thomas vira-se e rir, achando tudo uma idiotice, por fim diz:

- Não por muito tempo, terei que tentar não frequentar mais certos lugares.

Patrick prefere não comentar nada, pois entendeu muito bem, porém Thomas diz:

- Onde está minha noiva?

Patrick diz:

- Na sauna, ela está lá desde depois do almoço.

Thomas diz:

- Ah, vamos lá! Ela já deveria estar pronta!

Patrick diz mais sério:

- Ela precisa de um tempo, precisa se arrumar, é diferente de nós que costumamos não nos preocupar com o que vestir ou como nosso cabelo acaba amanhecendo. Você deveria entender mais disso, principalmente porque vai começar a lidar com uma mulher.

Misery Business - Capítulo 6 (02)

Thomas diz em tom sarcástico:

- Desculpe, tinha me esquecido que você era uma mulher também! Agora é melhor ir se arrumar!

Patrick deixa-o no silêncio, às vezes Thomas é completamente intolerante e Patrick prefere demonstrar esse tipo de resposta. Enquanto isso no andar de baixo, mais precisamente onde fica a sauna, Caroline está por muito tempo em uma banheira de água quente e relaxante, primeiramente sobre aquele ar abafado e maravilhoso para abrir os poros de qualquer pessoa, porém atualmente somente submersa em água e com um patinho boiando perto das suas pernas.

Sua cabeça está rodeada por dúvidas, seria isso mesmo que ela quer para sua vida? Estaria ela cega ou apressada demais quando aceitou se relacionar com Thomas? E a principal dúvida que é se estaria realmente fazendo a coisa certa, principalmente após ouvir as histórias do passado de seu futuro marido e conviver diversos meses com o seu adorável irmão e melhor amigo, que tem a melhor personalidade que ela já conheceu.

Misery Business - Capítulo 6 (03)

Caroline pensa:

- Espero que Deus me ajude a tomar a decisão certa, porque definitivamente não sei por onde começar nem como devo agir. Talvez deva apenas seguir meu coração, mas devo ver no que isso vai dar.

Caroline, minutos depois saiu da sauna, passou um bom tempo se arrumando e por fim saiu com Thomas perto das quatro da tarde, deixando Patrick para trás, pois ainda não estava pronto para ir. Patrick tomou banho, escolheu uma roupa, se vestiu e está pronto, mais pronto impossível, porém, não está pronto emocionalmente, porque para onde ele vai agora é como um funeral, onde ele ver a pessoa que faz seu coração bater ir embora com outra pessoa que fará seu coração se machucar. Patrick está desequilibrado emocionalmente com tudo isso, a ponto de chorar diante o espelho do problema enquanto pensa em como isso poderá ser menos sofrido.

Misery Business - Capítulo 6 (04)

Patrick diz a si mesmo em voz baixa:

- Preciso criar forças e sair daqui, querendo ou não, ferido ou não. Talvez eu possa me conformar com a amizade dela pelo resto da vida, mas seria muito dolorido não ter nem isso dela.

Patrick entra em silêncio, toma a atitude de lavar o rosto, em seguida ele pensa: "Vou esperar minha cara de choro passar e depois eu vou, juro que eu vou."

Enquanto isso, Caroline e Thomas aguardam de pé a chegada de Patrick, Thomas já está irritado com tanta demora. O crepúsculo surgiu e logo a penumbra irá predominar, é a noite de verão na praia por chegar. E nada de Patrick, nem um telefonema informando ter enrolado, ter dado algum problema, alguma desculpa, nada, e aquilo tira Thomas do sério, porém é um alivio para Caroline, pois lhe fornece mais tempo para pensar. Caroline então diz a Thomas:

Misery Business - Capítulo 6 (05)

- Vamos continuar esperando! Ele é a única pessoa que poderá testemunhar o casamento!

Thomas ouve e depois de pensar um pouco diz de forma grosseira:

- Desde quando isso importa? O importante é nosso próprio testemunho.

Caroline resmunga:

- Não seja egoísta. Ele também é seu irmão.

Thomas diz:

- É pior que sim, vamos esperar esse otário mais um pouco.

Caroline mesmo não gostando da forma que Thomas se refere a Patrick e lembra que não foi à primeira vez. Mas decide não perder tempo com isso, já que precisa tomar decisões mais importantes. Quando a penumbra estava terminando de tomar tudo ao redor, Patrick chega, foi possível ouvir seus passos naquele deck de madeira. O primeiro a perceber é Thomas que se vira e diz:

Misery Business - Capítulo 6 (06)

- Aleluia, demorou mais que a noiva.

Caroline ri e em seguida vira-se para Patrick e diz:

- Que bom que chegou, Ti, hora de começarmos, então.

Patrick não diz nada, somente observa. Caroline vira-se para Thomas e diz:

- Onde estão as alianças?

Thomas tira as duas alianças nuas do bolso, Caroline toma rapidamente as duas de sua mão, após isso caminha pelo deck até o seu fim e atira-as na areia. Thomas berra:

- Caroline? Por que fez isso?

Caroline retorna para frente de Thomas, Patrick meio desligado do mundo, parece não perceber o que está acontecendo, Caroline então começa a narrar:

Misery Business - Capítulo 6 (07)

- Não posso fazer isso, Thomas! Não sei onde estava com a cabeça quando aceitei seus beijos e suas falsas declarações de amor! - Thomas fica chocado, Patrick passa a prestar atenção e perceber que algo está desabando, o plano de Thomas estava em queda, Caroline rir brevemente e então diz: - Porém, meus olhos continuam em seu sangue, porém, na parte que não se apodreceu, a melhor parte eu devo dizer.

O som do salto de Caroline batendo nas tábuas do deck de madeira é a única coisa que Patrick pode escutar, pois logo após isso, Caroline literalmente joga-se em sua frente roubando um longo beijo que Thomas viu e fez seu sangue borbulhar.

Misery Business - Capítulo 6 (08)
Misery Business - Capítulo 6 (09)

Patrick passa a delirar com o beijo, ficou voando em pé e não disse nada, Thomas enfim aborda Caroline:

- Vadia! Você esteve me traíndo com meu irmão esse tempo inteiro?

Caroline diz admirada: - Não, mas é claro que não! Mas bem que deveria, porque fico a imaginar com quantas que você já deve ter ficado mesmo estando em compromisso comigo!

Thomas grita:

- Fiquei mesmo, e daí?!

Caroline dá um tapa em sua cara e esbraveja após isso:

Misery Business - Capítulo 6 (10)

- Vá, fique nos bares de esquina então, fique com as prostitutas! Mas não fique comigo, porque acabou! Nunca existiu nada entre nós! Você é um monstro, me arrependo cada segundo que gastei perto de você!

Enquanto isso, Patrick ainda em seu delírio, se deslocou para próximo de Caroline para ficar observando as palmeiras, ainda sentindo o gosto de morango nos lábios ao ter beijado-a, mesmo com toda confusão as suas costas. Por fim, Caroline corre para longe, precisa realmente se acalmar. Porém deixou Patrick e Thomas para trás, o que pode não ter sido uma boa escolha. Thomas aborda Patrick deixando sangue subir os olhos:

Misery Business - Capítulo 6 (11)

- Você está morto! É melhor você correr! O que você fez não tem perdão!

Patrick sai do seu transe e depare-se com toda a confusão em ebulição, ele então corre, porém arrepende-se de não ter dito “o que você fez também não tinha perdão, mas eu perdoei”. Patrick pega uma bicicleta e Thomas outra logo atrás, e então iniciam uma grande perseguição. Patrick entra em casa, porém nem tem tempo de se trancar, pois Thomas entra logo atrás. Então ficam cara a cara, Thomas diz de forma um tanto assustadora:

Misery Business - Capítulo 6 (12)

- Não tem mais para onde correr, irmãozinho...

Patrick não se intimida e diz:

- Olha, nunca houve nada entre nós, de verdade. Até eu estou surpreso por ela ter me beijado. Mas vamos ser francos... que eu sempre gostei dela, não posso te negar, porém, não seria baixo para roubá-la de você. Mas a vida às vezes é bem irônica.

Thomas aproxima-se e diz agressivamente:

- Filho de uma égua mal comida!

Patrick interrompe-o, conseguindo aplicar uma picada de humor não intencional:

- É melhor não xingar a sua mãe.

Thomas fica com mais raiva ainda o que faz novamente dizer agressivamente:

Misery Business - Capítulo 6 (13)

- Não me provoque! Eu vou acabar com você!

Misery Business - Capítulo 6 (14)

Patrick diz furioso: - Você não sabe nada sobre Caroline! Não tinha interesse nenhum em sua vida, em como ela se sentia, em nada! Você não sabe o quanto ela é dócil e fascinante! Você não sabe que ela não tem família alguma, talvez, poxa, coitada mesmo, ter pensado em escolher logo você como família! - Patrick diminui o tom e continua: - Nem sequer parar para conversar. Eu sei de tudo sobre ela, e ela, tudo sobre mim, porque eu me interessava em parar e conversar, foi assim que viramos amigos, afinal. Mas para você nada disso importa.

Thomas diz ainda esbravejando:

- Você contou meu passado a ela! Não minta isso!

Patrick diz:

- Contei. Mas era você que deveria ter contado, afinal, não poderia esconder isso dela o tempo inteiro.

Thomas empurra Patrick com tanta força que ele bate na parede. Após isso, perde-se completamente a noção de controle e perigo entre Thomas e Patrick.

Misery Business - Capítulo 6 (15)

E depois de tanto socá-lo, bater sua cabeça na parede até deixá-lo desacordado, quando o corpo de Patrick cai sobre o chão, Thomas ainda tem audácia de chutá-lo e deixá-lo lá, para com certeza fugir para um bar e beber até não se aguentar. Não se sabe se Patrick vai acordar depois disso.

Misery Business - Capítulo 6 (16)

São quase onze da noite, Caroline por fim toma coragem de voltar para casa, sabendo que poderá dar de cara com Thomas e ocorrer mais uma discussão, ela está determinada a fazer as malas e ir embora, e ao passar pela porta e vê Patrick jogado no chão desacordado, essa vontade acende com maior força e maior medo.

Caroline grita e corre em direção a Patrick:

- Patrick! Patrick, o que aconteceu com você?!

Ela cai ajoelhada no chão, balança-o e balança-o de novo e de novo para que ele acorde e nada, o pânico toma conta de Caroline, até que sua mão direciona-a para o coração de Patrick, ainda pulsante, porém, mais fraco que um coração normal. Ele está vivo e isso já basta para ela, porém, ainda jogada sobre Patrick, Caroline diz determinada e contendo o choro:

Misery Business - Capítulo 6 (17)

- Não vamos ficar mais nem um segundo aqui, Ti, vamos embora, eu e você, vamos para longe desse monstro.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória