FANDOM


Fora da Linha
Eternamente - 2x09 (capa)
Nome Fora da Linha
Escrito por AmandaMM
Data de lançamento 20 de Julho de 2014
Simsérie Eternamente
Classificação Classificação 12 anos 12 anos

Cronologia
Temporada
Capítulo Anterior A Visita da Dama
Próximo Capítulo Mais Histórias?
Mudou-se

Propriedade

Eternamente - 2x09: Fora da Linha é de propriedade de AmandaMM. A menos que a edição seja construtiva ou de poucos detalhes, peça permissão ao autor para editar a página.


Acabo de acordar um pouco desorientado, sinto a pele de Mia e ao olhar para o lado, sua perna está sobre a minha e seu pijama está fora de seu corpo, assim como a calça que uso para dormir fora do meu. Acho que sou um homem morto. Levanto e encosto as costas na cabeceira da cama. Começo a lembrar do que aconteceu noite passada. Em palavras leves, incendiamos. Se Adam um dia souber que isso aconteceu eu estou morto! Isso me trás tanta agonia...

Não sei que horas da manhã são, mas acredito que não seja tão tarde. Mia revira-se, olho para ela e em frações de segundos, seus olhos se abrem, sinto que ela me encara e logo sorri enquanto diz em tom de sussurro:

- Bom dia...

Sinto estar mudo e então viro de costas e vou para a beirada da cama. Ouço os seus ruídos e logo sinto Mia mais próxima, logo ouço sua voz:

- Está tudo bem?

Eu admito, viro um pouco minha cabeça para o lado, em desperdício, porque mesmo assim não a vi. Levo as duas mãos ao rosto e o cubro completamente e por fim digo com a voz saindo abafada:

- Não posso acreditar nisso. O que vai ser de nós agora? Não consegue perceber a gravidade do nosso erro?

Sinto sua mão tocar minhas costas e por fim ouço novamente sua voz inconformada:

Eternamente - 2x09 (01)

- Não foi nenhum erro! Do que você tem tanto medo? Do meu pai? Ele não falava sério quando disse que te mataria ao sair da linha... eu acho...

O “eu acho” dito por Mia não foi nenhum pouco persuasivo. Eu acabo-me estressado e digo:

- Você acha? Você acha?! Eu tenho certeza! E isso é a menor de nossas preocupações agora!

Mia também levanta a voz quando fala novamente:

- Já queimávamos há muito tempo! Você foi o último a perceber! - silêncio. Eu deixo de cobrir o rosto com as mãos, ao perceber que estavam dificultando minha respiração. A mão de Mia some das minhas costas e em seguida sua voz mais fraca reaparece: - Qual é a preocupação maior além de meu pai diante esse nosso... Erro... ? Sua pergunta me faz levantar de vez da cama e virar para Mia, ainda ajoelhada olhando para mim com muita atenção. Eu então levanto minha hipótese:

- Você pode estar grávida. Algo que definitivamente agora não pode acontecer, pelo seu bem.

Mia diz com espanto:

- Não! Definitivamente, não! Não é algo que se acontece com tanta facilidade...

Eu digo enquanto começo a procurar minha calça ou o pijama de Mia em algum lugar:

- Pergunte então a minha mãe como ela conseguiu engravidar de mim com tanta facilidade.

Acredito que o que eu disse não resolveu muito as coisas, vejo-a praticamente cair sobre a cama e envolver-se sozinha, sem dizer nenhuma palavra. Encontro minha calça e as duas partes que compõe seu pijama, jogo-os para ela e digo:

- Se vista.

Mia olha para mim e depois para as roupas, em seguida ela começa a se vestir. Eu fico parado, em pé, Mia vem até mim e ficamos a nos encarar. Queria poder abraçá-la e dizer que está tudo bem, mas até eu não estou certo disso. Desonrá-la pesa em minhas costas e aumenta mais ainda a responsabilidade que tenho a respeito de Mia. E sim, admito que as ameaças de Adam me assustem... depois de tanto tempo encarando um ao outro, Mia diz:

Eternamente - 2x09 (02)

- Sei que está preocupado e que... estava esse tempo inteiro tentando ser o mais correto possível, sempre se intimidando com a autoridade do meu pai e...

Eu a interrompo:

- Voltarei para o andar de cima. Será melhor para ambos.

Mia diz praticamente em desespero:

- Não! Não pode voltar para lá! - eu pisco e quando vejo estou segurando-a em meus braços num abraço apertado. Como se ela quisesse que eu permanecesse imóvel. Por fim ela diz um pouco mais calma: - Quero você aqui, preciso de você aqui. E também... não quero que aquela cama barulhenta me acorde no meio da noite.

Enquanto eu a faço me largar, acabo caindo em crise de riso. Para provocá-la, finjo ir até a porta para sair e digo risonho:

- Tchau, Mia... agora que eu vou mesmo!

Ela ri também e diz:

- Pare com isso! Não seja tão bobo!

Eu por fim consigo parar de rir, volto a me aproximar dela e digo de forma normal:

- De qualquer forma eu irei lá para cima alimentar nosso peixe antes que ele morra de fome, em seguida vou dar um volta no centro... esfriar a cabeça... esquecer que seu pai pode está me caçando agora...

Ela sorri aparentando compreender, apenas isso que eu precisava, ela então diz:

- Volte logo...

Eu sorrio de volta para ela. Arrumo-me, alimento Dendrick e chamo um táxi. Agora basta decidir aonde irei, já que todas as lojas devem ainda estar fechadas.

Eternamente - 2x09 (03)

Peço para o táxi parar quando chego ao centro, não há pessoas na rua, mesmo estando perto do cinema, onde geralmente tem muita gente. Após um pouco parado pensando aonde ir, começo a andar pelas calçadas, sem nenhum rumo, apenas sentindo o vento no rosto e deixando as mãos nos bolsos para não sentir frio.

As horas se passam, o movimento na rua aumenta e aquilo de certa forma me incomoda e começo a andar para longe do centro. Já são dez da manhã no relógio do celular, mas não parece ter saído das sete horas, o sol está totalmente coberto pelas nuvens e talvez possa chover.

Ando até chegar ao limite, um dos lados do rio que corta Moonlight Falls, que é cercado. Enquanto observo a linda paisagem, faço meu apelo para que tudo isso acabe de uma vez e eu possa estar livre para ser feliz, sem inimigos, sem ter que depender de Adam para determinar tudo o que eu possa fazer com Mia ou para ela. É chato ter tantas limitações e ser responsável, porque você acaba cumprindo todas e quando não cumpre fica como eu, com a consciência deixando-te no fundo do poço.

Eternamente - 2x09 (04)

Talvez eu volte para ela agora, mas antes, lhe comprarei flores e pedirei desculpas por toda a tensão que eu devo ter jogado sobre ela hoje mais cedo. Também não consigo ficar longe dela. Dependo mais de Mia do que Mia de mim.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória