FANDOM


Um Garoto Chamado Benjamin Clark
Nome Um Garoto Chamado Benjamin Clark
Escrito por AmandaMM
Data de lançamento 3 de Fevereiro de 2014
Simsérie Eternamente
Classificação A leitura não é recomendada para menores de 12 (doze) anos. 12 anos

Cronologia
Temporada
Capítulo Anterior Adolescente ou "Aborrescente"
Próximo Capítulo O Segredo
Mudou-se.png

Propriedade

Eternamente - 1x06: Um Garoto Chamado Benjamin Clark é de propriedade de AmandaMM. A menos que a edição seja construtiva ou de poucos detalhes, peça permissão ao autor para editar a página.
Eternamente - 1x06 (01).png

Sozinho nessa madrugada, uma das poucas vezes que aproveito a grandeza da noite, mesmo sendo um vampiro. Ao menos essa hora o ar não está poluído com gazes da cidade... Por mais parada que seja. O brilho das estrelas notavelmente mais cintilante me faz lembrar o melhor verão da minha vida.

Em primeiro lugar, deveria está aproveitando cada minuto que tenho para dormir, já que agora trabalho até a noite, e ainda com chances de ser escalado para madrugada. Foi o que eu escolhi para minha vida, não dizem que apenas loucos escolhem medicina... Ao menos tenho tempo além do bastante para exercê-la.

Entro para o bar coberto, minhas roupas de frio não são mais necessárias. E fico a pensar que dificilmente experimento algo que Sim’s normais gostam de comer ou beber... O plasma sempre me foi o bastante, mas já que estou aqui, vou aproveitar esse bar e fazer um drink.

Eternamente - 1x06 (02).png

Então é isso que chamam de bebida alcoólica... Não acho ruim, mas até onde eu sei é melhor não beber muito. Enquanto fico aqui sentado e bebendo, fico a pensar mais uma das infinitas vezes o porquê, o porquê de ela ter me deixado... Completamente quebrado por dentro e mais frio do que nunca fui. Nunca entenderei isso. Não posso negar que passei toda a minha existência lembrando e sofrendo.

Eternamente - 1x06 (03).png

Tudo parece estar clareando, e eu pego o telescópio que temos, mas que eu nunca usei para ver aquelas belas estrelas fora do alcance, até mesmo para minha visão um tanto melhor. Se eu dedicasse mais do meu tempo a isso, poderia fazer diversas descobertas... Mas não posso.

Bem, em breve vai clarear, vou para meu quarto, tomar um banho e vê se tenho mais alguma coisa para fazer antes de apresentar-me como um ser acordado, literalmente. É engraçado... Não tenho nenhum pouco de sono, nenhum pouco mesmo.

Eternamente - 1x06 (04).png

Desço, não imaginava passar por Mia, ela costuma acordar um pouco mais tarde que isso. Ela diz a mim depois de por seu prato na mesa:

- Bom dia pai!

Eu ainda em movimento para ir buscar o jornal do lado de fora, digo:

- Bom dia querida.

Se tivesse a chance de resposta, já se foi, pois sai de casa. Está mais claro do que imaginei, esse tempo parece passar rápido demais. Apenas pego o jornal e entro de novo.

Eternamente - 1x06 (05).png

Mia me parece terminar de comer, o jornal de hoje está completamente sem conteúdo, então presto maior atenção no que ela vem a me dizer: - Pai... É verdade que o senhor vai chegar somente às sete? Eu digo rapidamente: - Sim querida, é outro posto, o serviço é maior e mais exaustivo. É necessário além de serem as ordens. Mia não diz nada, pelo contrario, se levanta e não sei o que fará agora. Desisto de continuar lendo a porcaria desse jornal e vou para sala, assistir a um pouco de TV antes de dar à hora. E Mia acaba se juntando a mim para assistir a previsão do tempo.

Eternamente - 1x06 (06).png

Eternamente - 1x06 (07).png

A aula do ensino médio acabou agora, a maioria do pessoal da minha sala são os do fundamental, exceto um... Qualquer contato com ele durante as aulas foi praticamente impossível, me parece que ele é muito solitário. A única coisa que me lembro de ter dito em sua apresentação pessoal a turma é morar numa casa bem próxima a minha. Vou indo embora lentamente com essa scooter que meu pai me deu, mas... Decido mudar meu trajeto, vou tentar contado com aquele garoto... Mais conhecido como Benjamin Clark. Parece-me uma boa pessoa, talvez ele fale comigo sem o resto da turma a assistir, eu espero...

Bem, acho que essa e a casa. É a única por aqui sem ser uma mansão. Ainda assim não sei se deveria ir lá, mas já que estou aqui não vou voltar. Aproximo-me, procuro pela campainha e toco. Pela porta de vidro consigo ver que o próprio irá me atender. Quando ele aparece do lado de fora, apenas me olha, não diz nada. Será que ele lembra que sou da sua sala? Ele ainda não disse nada, então eu digo:

- Benjamin, sim?

Ele balança a cabeça e diz:

- Ah, sim... Perdões. Entre, por favor.

Eternamente - 1x06 (08).png

Ele me deixa entrar em sua frente, sua casa por dentro é a meu ver uma graça! Ele quase não diz nada, então vou a ele e digo:

- Muito bonita sua casa...

Ele diz em voz baixa:

- Hm, obrigado.

Pelo visto ele não vai falar tanto assim nem comigo apenas. Bem, continuamos no mesmo lugar, sem falar absolutamente nada. É... Alguma coisa eu preciso fazer para ele conversar...

Eternamente - 1x06 (09).png

Dessa vez Benjamin diz:

- Ah, desculpe-me. Sente-se, sou péssimo anfitrião, quase não recebo visitas.

Ora, ao menos ele falou dessa vez... Sento-me no sofá logo ao lado e ele também, Benjamin liga a TV e dessa vez, eu que não sei mais o que dizer. Benjamin diz:

- Seu nome é Mia, certo?

Viro-me para ele e digo sorrindo:

- Sim, está certo.

Ele me olha por poucos segundos e desvia sua atenção ao filme que passa na TV. Paro para observar a janela, parece que começou a chover, eu então digo um pouco sem graça:

- Desculpe-me invadir sua casa assim... Como não consegui falar com você na escola... - Benjamin olha pra mim e eu continuo: - Quis apenas te conhecer. Ele apenas sorri.

Alguns minutos depois ele diz:

- Me parece que começou a chover. - Benjamin faz uma longa pausa e diz: - Fique até a chuva passar, ao menos isso.

Um pouco sem graça eu digo:

- Bem... Obrigada. - logo em seguida eu puxo um assunto: - Lembro-me de dizer da cidade de onde veio, porém não me lembro do nome. Qual era mesmo?

Benjamin vira-se para mim e diz:

- Vim de Monte Vista.

Olho melhor para ele. Acredito que tenha vindo de Monte Vista, porém... Não parece nenhum pouco. Monte Vista é mais antiga que aqui, enquanto ele me parece descolado demais para alguém que venha de lá. Eu então digo rindo um pouco:

- Não parece nem um pouco! Parece-me moderno demais para alguém de Monte Vista!

Benjamin se coloca em postura pensativa e diz em seguida:

Eternamente - 1x06 (10).png

- Tem total razão. Às vezes pareço não me encaixar com a cidade...

Eu me viro para ele e digo:

- Ora... Por quê?

Benjamin diz:

- Nem eu sei direito.

Eu balanço a cabeça apenas e ninguém fala mais nada. A chuva fica mais forte, acho que deverei ficar aqui por mais tempo. Inesperadamente Benjamin diz:

- Perguntas sobre mim, mas nada diz sobre você.

Eu sorrio e digo:

- Sim, é verdade... Bem, o que quer saber?

Benjamin diz: - Sempre morou aqui?

Eu digo:

- Sim...

Ele pensa um pouco e diz:

- Sua família é toda daqui?

Eu digo calmamente:

- Sim, meus tios, meu primo e claro, meu pai.

Benjamin diz:

- Mora apenas com seu pai?

Digo um pouco triste:

- Sim, minha mãe morreu.

Benjamin diz:

- Sinto muito.

Depois de uma pausa, digo:

- Mora com quem?

Ele diz:

- Apenas minha mãe. - Benjamin diz em seguida: - Sabe, até o momento você e a única pessoa com quem estou falando... Bem... Assim. - eu sorrio. Mais algum pouco tempo depois, Benjamin diz: - Se não me engana... É uma das melhores alunas da sala, sim?

Digo um pouco sem graça:

- Sem querer me gabar, sim, sou.

Ele sorri e diz:

- Seria pedir muito uma ajuda com o dever de casa de hoje...?

Eu digo:

- Claro que não! Onde tem dúvida?

Benjamin diz:

- Antes de você aparecer, cheguei a tentar a solucionar umas questões... Fracasso total.

Eu rio do modo que ele fala e digo:

- Ora, vamos! Não me arranca pedaço ajudá-lo!

Ele ri.

Eternamente - 1x06 (11).png

Depois de quase respondermos todas as questões, Benjamin diz:

- Então era isso o tempo todo... Obrigado, ficou mais claro agora.

Eu digo:

- Por nada, vi que aquelas questões que você resolveu estão todas certas, fico feliz que tenha entendido.

Benjamin diz:

- Obrigado novamente, Mia. - Quando terminamos todos os exercícios, a chuva passou e a noite caiu. - Espero que meu pai não ligue... - Eu, já em tom de despedida, digo: - Obrigada por ter me recebido aqui Benjamin, bem, vejo-te amanhã na aula.

Ele diz com a voz meio baixa:

- Obrigado pela ajuda. Vejo-te amanhã, Mia.

Assim que chego, parece que meu pai já chegou, mas já deve ter se recolhido. Ultimamente ele está indo dormir mais cedo para sustentar sua carga horária... Tomo banho, e como um pouco de sushi que tinha na geladeira... Estou exausta, não sei nem que horas são.

Eternamente - 1x06 (12).png

Foi um ótimo dia, admito. A semana daqui a pouco acaba, estou adorando o ensino médio, me parece melhor do que eu imaginei, mas tenho meus motivos para gostar... Sou boa em todas as matérias. Quanto a Benjamin, gostei de conhecê-lo, e mais ainda de saber que fui uma das primeiras pessoas com quem ele conversou. Apenas acho que ele deveria ser menos solitário...

Agora que tive acesso às horas, já são mais de onze da noite. Às vezes o tempo só pode está brincando comigo... Nunca imaginei ir dormir tão tarde, e do jeito que sou... Espero acordar no horário amanhã.

Eternamente - 1x06 (13).png

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória