FANDOM


Residência dos suburbanos
Ep3cortes
Nome Residência dos suburbanos
Escrito por EdSimmer
Data de lançamento 27 de Dezembro de 2014
Simsérie Belavista: O Prelúdio
Classificação Classificação Livre Livre

Cronologia
Capítulo Anterior Capítulo 2: Uma surpresa para Bete
Próximo Capítulo Capítulo 4: Casanova na Cidade
Mudou-se

Propriedade

Belavista: O Prelúdio - Capítulo 3: Residência dos suburbanos é de propriedade de EdSimmer. A menos que a edição seja construtiva ou de poucos detalhes, peça permissão ao autor para editar a página.


- Não temos dinheiro suficiente para comprar essa casa Nadir.

- Eu sei, eu sei... é por isso que Tia Nona deixou ela para nossa família.

- Ela parece meio velha – disse Daniel.

- Eu gostei – comentou Joana.

Cortes

Novos na vizinhança, Os Cortês herdaram a casa de um parente distante










A família Cortês que acabara de chegar à cidade estava com certo receio em relação ao seu lar. Jorge fazia parte da Tropas de Elite na carreira militar, enquanto Nadir tinha a missão de cuidar da casa e dos filhos.

Mesmo com o emprego de Jorge, a situação financeira não era nada boa para eles. Novos na vizinhança, os Cortês haviam ganhando uma velha casa que pertencia a Tia avó de Nadir, Nona Tormento.

Nadir e Jorge se conheceram quando ainda eram jovens. O pai de Nadir, Marcelo Tormento, era um militar aposentado que fora muito útil na Segunda Guerra Sim e que teve uma grande influencia na hora de arranjar um emprego para Jorge.

Tormento

Marcelo Tormento era um militar aposentado que fora muito útiil na Segunda Guerra Sim

Enquanto Jorge e Nadir organizavam a mudança, as crianças brincavam no quintal.

O ônibus escolar chegou e os levou para o colégio local. Após o término das aulas, Joana e Daniel chegaram tristes em casa quando Nadir perguntou:

- O que aconteceu filho?

- Nada... Não aconteceu nada mãe – respondeu Daniel.

- Daniel...? Joana...? – perguntou pausadamente Nadir.

- Esta bem mamãe, eu falo. É que... umas crianças lá da escola estavam rindo das roupas rasgadas de Daniel. Só isso.

Nadirjoana

-É que... Estavam rindo das roupas rasgadas de Daniel...

- Oh meu filho... Não ligue para isso, essas crianças são mesmo uns... Acontece. E nem é tanto alarde assim, sua roupa até que... É... Arrumadinha. – confortou a mãe.

Joana era mais nova que Daniel, ela tinha aproximadamente 12 anos, enquanto seu irmão já era um adolescente (estava na casa dos 16 e 17).

Durante o dia inteiro Nadir ficou calada e não comentou nada com seu marido, pois temia irrita-lo.

Jorge não tinha uma rotina fácil na base militar em que trabalhava, além de acordar bem cedo todos os dias, entre suas obrigações estavam lavar latrinas com apenas uma escova de dente, comer uma gororoba horrível e sem falar dos treinamentos intensivos.

Jorgetrab

Jorge não tinha uma rotina fácil na base militar que trabalhava

O grande sonho de Jorge era ser astronauta, mais precisamente, o primeiro homem a pisar no solo de Marte. Coitada de Nadir! Havia se casado com um sonhador, mesmo assim ela o amava.

Dia após dia, Daniel observava Maria José na escola, sentada em seu canto conversando com Cassandra. Não demorou muito e Daniel se aproximou da mesma e perguntou:

- Você conversa com crianças do ensino Fundamental?

- Converso sim, qual o problema? Cassandra diz muitas coisas melhores do que o restante dos babacas do Ensino Médio.

Escolacor

Não demorou muito para Daniel se aproximar de Maria no Colégio

- Ah, me desculpe, não quis ofende-la, é que tenho uma irmãzinha que é aproximadamente da idade de Cassandra, aposto que as duas seriam grandes coleguinhas.

- Obrigado, acredito que Cassandra não precisa de mais amigas, ela já tem a mim, não é?

Sem dizer nada, Cassandra levantou os olhos levemente e concordou tímida.

Daniel não estava interessado em apresentar sua irmã para Cassandra e sim em se aproximar de Maria José, ele a achava fantástica. Ambos estavam na mesma turma e ele admirava o poder de comunicação que a mesma tinha.

Com o tempo, Maria e Daniel foram se conhecendo melhor e se tornaram amigos. Não os melhores, mas sim simples amigos. Ele adorava o jeito que ela se irritava e defendia causas que pareciam perdidas. Maria era sonhadora como seu pai, porém de um jeito um tanto quanto diferente.

Escola

Daniel e Maria eram da mesma sala, ele admirava o poder de comunicação que ela tinha


Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória