FANDOM


Está Tudo Errado
Capa Cap 14
Nome Está Tudo Errado
Escrito por [[Usuário:AtMisaelChannel|AtMisaelChannel]]
Data de lançamento 27 de Fevereiro de 2014 (re-lançamento)
Simsérie A História de Olívia Espectro
Classificação Classificação 14 anos 14 anos

Cronologia
Temporada 1
Capítulo Anterior Capítulo 13: O Novo Momento
Próximo Capítulo Capítulo 15: O Grande Final
Mudou-se

Propriedade

A História de Olívia Espectro - Capítulo 14: Está Tudo Errado! é de propriedade de AtMisaelChannel. A menos que a edição seja construtiva ou de poucos detalhes, peça permissão ao autor para editar a página.


Informação do Episódio

"Está Tudo Errado" é o décimo-quarto capítulo e penúltimo de AHOE. Escrito entre os dias 13 e 14 de Fevereiro de 2014, seria lançado no sábado, dia 15 de Fevereiro de 2014, mas devido a vários problemas pessoais, teve de ser relançado dia 27 de Fevereiro de 2014. A Família Silva faz uma participação neste episódio. Ofélia Nigma, na qual era um pouco ausente e esquecida ao redor da simsérie, terá um grande papel neste episódio (ou seja, ela será a protagonista). João Silva (co-protagonista neste capítulo) começa um romance com Ofélia Nigma. Olívia, ao saber disso, tentará mais um plano de matá-lo, sem que Ofélia saiba. Este episódio será longo, por causa que é um dos últimos capítulos da temporada.

Episódio

AHOE - Foto 245

Algum tempo depois, se livrando de todo aquele monótono chato de sua tia Olívia Espectro, agora já era a vez de Ofélia Nigma ganhar alguma notoriedade na história. Tudo se passa ainda no colegial de Estranhópolis. Enquanto Ofélia frequentava as aulas, ela começou a se interessar por um novo garoto da sua sala: João Silva. Sim, ele era o filho dos Silva. Era um bom aluno, mas fazia alguma bagunça. Isso despertou algum interesse de Ofélia por ele. E ele retribuiu com o mesmo gesto. Boom! Eles viraram amigos. Todos os dias, antes das aulas, eles se encontravam com alguns colegas da escola nos corredores, conversaram sobre as chatas aulas de matemática e muito mais. Isso passava a ser algo semanal.

AHOE - Foto 246

Enquanto isso, na sala de aula, a professora explicava uma matéria de prova, mas muitas pessoas não estavam prestando a atenção, conversando, nesta parte do tempo. Era o caso de Ofélia Nigma.
- Ai, Barbara! Você viu o João ali? – Disse Ofélia.
- Pois é! Ele sempre senta ali na frente. - Disse Bárbara Juvenal, uma amiga da escola de Ofélia. – Você tá afim dele, não é?
- É sim, mas... Acho que a gente nunca teria uma chance... Você crê em alguma possibilidade?...
- Claro que sim! Todos têm uma...

AHOE - Foto 247

- Você tem razão! Poxa, olha só aquele cabelinho lindo! E essa pele verde maciça! O João é perfeito! Somos tão amigos... Pensei em convidá-lo pra vir pra minha casa um dia desses... Quem sabe não rola algo? Ah... Eu tô tão encantada com aqueles olhos verdes... Poxa! Como ele é incrível... Ele tem a terceira nota mais alta da sala, depois daquelas nerds da Carol e da Pilar... Poxa...

AHOE - Foto 248

- Ofélia? Ofélia!
- Ai, desculpa! Fiquei na ilusão por um momento... Esqueci-me do mundo completamente.
- É, deu pra perceber. Enquanto você estava aí toda sonhadora, sabe quem acabou de me dar um bilhetinho de amor?
- Acho que já sei... Foi o Marcos, ou o Pedro? Ou foi o Marco aqui atrás de mim? Ou o Eduardo que tá sentado perto do João? Ouvi dizer que ele tá afim de você!
- Nenhum dos três! Ainda, haha. Mas, foi o João mesmo. Ele pediu pra que eu entregasse pra você, boba. É um começo. Você está avançando!
- Poxa! Que emocionante! O que está escrito aí?
- Veja você mesmo com seus próprios olhos.

AHOE - Foto 249

Sorrateiramente, sem que a professora perceba, Ofélia começa a ler baixinho o que João escreve para ela. Com brilho nos olhos e toda encantada, Ofélia começa a ter aqueles típicos sonhos de “adolescente apaixonada”.

AHOE - Foto 250

- Poxa, que incrível esse bilhetinho! Mas, cadê o outro, Bárbara?
- Putz! É mesmo! Tá aqui no meu bolso! Desculpa, eu esqueci, sou meio lerda, mas toma aqui.

AHOE - Foto 251

E Ofélia retorna a leitura do outro bilhetinho. Meio encantada, Ofélia achou que esse era o momento ideal para falar tudo o que sente. Será que daria certo? Ofélia abraçou esse simples bilhetinho de amor meloso feito por João com toda a alegria possível.

AHOE - Foto 252

- Poxa Bárbara... Nem acredito que isso tá acontecendo mesmo! Vou mesmo me encontrar com ele na saída! Poxa...
- Pois é! Que sorte a sua, Ofélia! Eu queria que o Eduardo prestasse atenção em mim... Eu acho ele bonitinho... E é dedicado... Afinal, ele terminou com aquela vagabunda da Stéfanie semana passada porque ela tava usando ele pra ganhar a feira de ciências! Mas é uma vaca mesmo!
- Esquenta não, amiga! Ela é uma otária, mesmo! Sua hora também vai chegar... Afinal... Se você esperar um pouco.

AHOE - Foto 253

- Professora! Professora! – Disse Stéfanie chamando a professora. Sim, a garota na qual Bárbara e Ofélia haviam falado mal, sentava bem na frente delas, e havia escutado toda conversa. Para se vingar, resolveu falar que elas estavam em conversinha em sala de aula. Apesar dos óculos, não é nerd que nada! – A Bárbara e a Ofélia tão conversando! E a Ofélia tá com bilhetinho na mão!

AHOE - Foto 254

- Ofélia e Bárbara! Expliquem-me uma coisa, poxa... Vocês são tão boazinhas... E eu tô explicando matéria de prova! Depois tira zero e não sabe o porquê! Isso é sério mesmo? E essa história de bilhetinho? Já não falei pra ninguém ficar com esses negócios na minha aula? Que absurdo!

AHOE - Foto 255

- Aff, que fofoqueira! Deve ter ouvido nossa conversa e ficou boladinha. Um dia eu quebro os dentes dela! Maldita desgraçada! – Murmurou Bárbara. – É mentira, professora! Essa idiota tá inventando! - Conte comigo, eu conheço alguns seriais killers que podem acabar com ela de vez. – Sussurrou Ofélia. – É mentira mesmo! Essa fofoqueira catarrenta quatro olhos! Não tem mais o que fazer não, Stéfanie?


AHOE - Foto 256

- Aff, que fofoqueira! Deve ter ouvido nossa conversa e ficou boladinha. Um dia eu quebro os dentes dela! Maldita desgraçada! – Murmurou Bárbara. – É mentira, professora! Essa idiota tá inventando!
- Conte comigo, eu conheço alguns seriais killers que podem acabar com ela de vez. – Sussurrou Ofélia. – É mentira mesmo! Essa fofoqueira catarrenta quatro olhos! Não tem mais o que fazer não, Stéfanie?
- Agora você vai negar, né? Bando de falsas, mocreias, nojentas! Só não lhes dou um tapa no meio de suas caras pois estamos no meio da aula. Eu ouvi toda a conversa de vocês. Até o Marco que tá do meu lado ouviu. Não se façam de vítimas. Professora, acredite em mim. Vá você mesmo até a mesa delas!
- É mentira, professora! Ela quer se vingar de nós! – Disse Bárbara.


AHOE - Foto 257

- Ofélia Nigma! Pode me explicar que história é essa?
- Professora, acredita em mim, ela tá mentindo! Eu não tô com bilhete nenhum?
- Ah não?! E o que é isso que você está escondendo no seu bolso? Acha que não estou vendo sua mão direita se mexer sozinha esconder um bilhetinho?
- Não professora, não pega. É importante. É a matéria de prova que anotei.
- Ah é? Se for tão importante assim, eu irei lê-la para toda a classe.
- Por favor, professora, não pega!
- Ou você me dá ou te dou uma suspensão de sete dias e chamo sua tia aqui pra conversar comigo e com a diretora, como no mês passado. Vai entregar ou não? Você que sabe.
- Aff, tá bom, você venceu. Toma. – Disse Ofélia, entregando o bilhetinho já zangada. Ela saberia que toda a sala iria zombar da cara dela.

AHOE - Foto 258

E de repente, a professora começa a ler tudo o que João teria escrito à Ofélia. Sem mesmo ter chegado à metade, a sala toda já estava rindo da cara dos dois. Foi um tremendo vexame. E o pior de tudo é que iriam ser conhecidos como namoradinhos pra sempre em toda a escola.

AHOE - Foto 259

“Ui! João pegador! Cuidado pra não engolir a menina! Olha só, a negrinha e o E.T! Que casal lindo! Imagina se a escola toda descobre isso? Hahaha! Que babado, amigs!” Foram comentários como esses de seus colegas que fizeram Ofélia ficar pra baixo. Ela não chorou, mas ficou muito chateada.
- “Merda, merda, merda!” – Sussurrou Ofélia, logo se debruçando, colocando seus braços em cima da cabeça para a mesa.
- Aff! Não acredito que aquela estúpida da Stéfanie se safou dessa vez! Não esquenta, amiga... Já já todos esquecem isso. Poxa, que raiva! Vou matar a Stéfanie!

AHOE - Foto 260

Horas depois, com as aulas já acabado, Ofélia foi até a casa de João. Ele se desculpou por ter causado a maior algazarra na escola, mas logo ela a perdoou, pois a única solução pra isso seria ignorá-los. Ele concordou. Ele mostrou sua família a ela, e se divertiu bastante na casa de João. Mais tarde, eles foram lá pra fora. João se explicou pelo bilhete. Ele estava afim dela. E ela, já estava nas nuvens. João expressou o que sentia enquanto Ofélia se sentia uma “princesa encantada”. Eles se beijaram pela primeira vez. Foi mágico e rápido, e Ofélia logo retribuiu o gesto. Como já estava ameaçando anoitecer daqui a algumas horas, Ofélia decidiu ir para casa, pois sua tia poderia ficar uma fera se ela chegasse muito tarde. João decidiu acompanha-la, afinal... Não era um problema. A regra só não voltar muito tarde pra casa.

AHOE - Foto 261

E então, Ofélia vai embora, mas João decide acompanha-la até em casa, afinal, já estava ficando muito tarde.
- Bom João... É aqui que eu moro com a minha tia. Meus pais morreram afogados quando eu era uma criança... Daí eu vim pra cá.
- Caraca... Sua casa é legal! E sinto muito pelo ocorrido. Você tem um cemitério em casa, que sinistro cara!
- É... Minha tia que enterra as pessoas que morrem aí. Vem, entra. Ao menos conheça um ou dois cômodos da casa.

AHOE - Foto 262

- Tia Olívia! Cheguei! Onde você tá?
- Oi, querida. Estou na cozinha.
- Ah, ok. Trouxe um amigo da escola comigo, tudo bem pra você?
- Ah, claro... Mas se vocês quiserem, já estou preparando a janta. Depois disso, vou recordar meu passado... Vou ler o livro de lembranças.
- Tá bom, tia. Até mais.
Olívia murmurando: Ofélia e esses seus amigos... Se eles ameaçarem fazer algo contra minha sobrinha, juro que terá mais uma cova garantida no meu quintal! Darei um jeito de executar esse indivíduo com a mais dolorosa e horrível tortura possível!

AHOE - Foto 263

E então, João conhece alguns cômodos da casa de Ofélia. Ele se surpreende bastante, mas Ofélia se sente envergonhada.
- Bom... Acho que eu já vou, Ofélinha...
- Poxa, você já vai? Agora não, por favor! Ao menos jante com a gente!
- Desculpa, mas infelizmente preciso ir... Prometi pros meus pais que não iria demorar, e já são quase oito horas! Bom... Te vejo amanhã na escola... Ainda bem que amanhã será sexta... A gente mata aula no último horário e eu te mostro um lugar especial aqui mesmo em Estranhópolis pra gente se divertir. Tchau.
- Tchau João. Estou ansiosa pra esse momento!

AHOE - Foto 264

Enquanto isso, João vai embora da casa dos Espectro e Ofélia vai jantar. Logo Olívia vai logo ver seu velho livro de lembranças. Ela começa vendo partes de sua idade adulta, adolescência, primeiros encontros, até chegar à infância. Uma trágica infância traumática. A primeira aparição da Dona Morte em sua vida... Onde tudo começa...

AHOE - Foto 265

- Ah, maldito passado... Malditos fantasmas do passado que me perseguiam... - Dizia Olívia, murmurando. Ela foleava cada página daquele álbum com muita fúria, e muita emoção.

AHOE - Foto 266

- TIA OLÍVIA! TIA OLÍVIA! - Gritava Ofélia, chamando a sua tia.
- O que foi, querida? - Disse Olívia, lá da sala.
- Tia, você nem vai acreditar! Eu arranjei um namorado, lá na escola! Ele é um extraterrestre, mas eu nem ligo pra isso, ele até que é gatinho, hehe! Ele é tão lindo, tão fofo... Aí, deixa eu fazer meu dever de casa, vai ter prova e se eu bombar pensando nele, vou me ferrar toda... Eu estou literalmente derretida por ele! Bem, era só isso, obrigada por me ouvir, tia! Você é dez!

AHOE - Foto 267

- DE... NADA... OFÉLIA... MERDA! - Resmungou Olívia, entre os dentes. Ela estava indignada com o que acabara de ouvir. Ela havia prometido a Lerato que Ofélia não iria namorar tão cedo, a ponto de sofrer com mais um vagabundo que exploraria as mulheres, e sim, quando se tornar uma adulta, quando tiver maturidade suficiente para agir corretamente numa situação dessas. Ela não queria ver sua sobrinha predileta chorar aos seus ombros por causa de um namoradinho.

AHOE - Foto 270

Olívia veio até o quarto de Ofélia, para saber mais a respeito deste namorado dela. Entrando sem bater, já veio pressionar a sobrinha a fazer várias perguntas.
- Oi, Ofélia. – Disse Olívia, com a arma escondida atrás das costas.
- Oi Tia Olívia. Tô fazendo minha lição de casa e estudando para a prova. São as provas finais e você já sabe né... Se eu bombar, ficarei de recuperação, e se não passar na recuperação, vou repetir de ano!
- Calma Ofélia. Minha sobrinha linda. Vai dar tudo certo. Não precisa ficar se matando por isso. Bom, eu vim te fazer umas perguntas, linda.
- Ah é? Diga tia.
- Então, como é esse seu namorado? O tal do extraterrestre? É filho daquele 9 de Souza? - É Sim... O nome dele é João Silva. Ele é da minha classe. Nós estamos namorando, tia. Desde hoje. Demos nosso primeiro beijo hoje também. Foi magnífico.
- COMO É? TÁ DOIDA?
- O quê?
- Ah, nada não... Pensei alto demais... Você gosta dele? Você não tem medo de que ele te faça sofrer? Do jeito que o romance está complicado hoje em dia...
- Claro que gosto, tia. Que perguntas são essas? Ele me adora e eu adoro ele! Simples assim! Ficaremos juntinhos até a gente fazer faculdade, nos casarmos e termos vários filhos!
- Hum, que bom, Ofélia. Felicidades. Se me permite, vou deixar você estudar em paz. Vou observar o quintal, como de costume. Gostaria de ver o fantasma de Inglório hoje. - Bom... Está bem, tia! Você é estranha com esse papo de fantasma e tal... Mas é legal.

AHOE - Foto 271

Ainda eram só 8 e 15 da noite, portanto, nem estava tão escuro assim o céu. Olívia Espectro, anteriormente, iria se dirigir até a casa dos Silva, para “dar um recado” para João Silva. Mas, invés disso, ele já estava bem na sua cara. João Silva estava investigando aquele jardim. As lápides tinham nomes e sobrenomes diferentes, não poderiam ser descendentes de Olívia. Ele queria provar isso à Ofélia de uma vez por todas. Será que sua tia é, quem ela pensa que é?

AHOE - Foto 272

- Ora, ora ora... Se não é o tal do João Silva, filho de 9 da Silva e Jeanie Souza! Garoto! Você já não tinha ido embora? Já sei! Você está invadindo minha propriedade! Moleque, sabia que posso ligar pros seus pais neste instante?

AHOE - Foto 273

- D-Dona Olívia Espectro? D-D-Desculpa! Você me matou de susto agora! Eu só estava olhando essas lápides, nada demais.
- Só olhando? Sei... Tá achando que na minha testa tá escrito idiota, ô seu retardado? É óbvio que você tá aprontando alguma coisa contra mim! E se eu descobrir pode dar adeus a essa sua vidinha de merda!
- Mas eu não tô aprontando nada! Pelo que sei todas essas lápides aqui tem algo estranho. Afinal, você é estranha. Que tipo de pessoa tem um cemitério em casa? Cara, isso é bizarro!
- E o que te interessa a minha vida? Não é à toa que essa cidade se chama Estranhópolis... Ah, e só pra constar, isso é problema meu, não seu. Vá-te catar, seu idiota!

AHOE - Foto 274

Dentro de alguns minutos, Ofélia acaba seu dever. Logo, ela guarda o caderno e se levanta do chão.
- Uaaah! Que liçãozinha complicada! Se eu não tomar jeito logo, eu tô ferrada!

AHOE - Foto 275

- Poxa, cadê minha tia Olívia? AH! É mesmo! Que cabeça a minha! Ela tá lá fora com aquele papo esquisito de observar o quintal e ver o falecido marido dela. Acho que vou ir acompanha-la também...

AHOE - Foto 276

Ofélia abre a porta bem devagar, para não fazer muito barulho. Chegando lá, encontra uma surpresa. Seu namorado João Silva e sua tia, Olívia, com uma arma bem apontada para ele. Ela rapidamente se assusta, mas teme intervir aquela cena com alguma besteira e acabe sendo morta também. Ela decidiu olhar o buraquinho da porta e observar tudo.
- Ah, é? Seu idiota! Eu sou a assassina mesmo! Eu matei todas essas pessoas que estão nessas lápides. De menos é claro meu ex-marido Inglório Espectro, pois diferente desses idiotas mortos, ele soube me tratar direito. Todos eles se ferraram.
- Eu sabia! E você está escondendo isso tudo da sua sobrinha desde muitos anos! E agora você pegou sua arma e quer me matar, não é? Sua trouxa! Você é muito otária! Me matar não vai resolver nada. Você pode tentar ser uma boa pessoa.
- Hahahaha! Só rindo dessa sua cara verde e gosmenta! Seu nojento! É melhor você se afastar da Ofélia aos poucos se não quiser que eu te mato aqui mesmo. Se eu ver vocês dois se falando... Eu juro que te caço até o inferno pra te matar, seu lixo! Não quero que a minha doce sobrinha sofra novamente, e agora nos braços de um qualquer! Na-na-ni-na-não! Suma logo da minha casa se não quiser que faço a Dona Morte, meu amor, vir aqui agora. A proposito, matei todas essas pessoas para me encontrar com ela.

AHOE - Foto 277

E então, João Silva, ainda assustado, corre o mais rápido possível até sua casa para não ser mais uma vítima de Olívia Espectro. Ela mira um tiro proposital na árvore, só para avisá-lo das consequências.
- Hahahaha! Isso, fuja mesmo, seu medroso! Você já está avisado. Se eu ver você e Ofélia juntos de novo, já sabe o que vai acontecer. É melhor você esquecê-la de vez, se não quiser fazer parte dos meus colegas fantasmas. Nunca mais volte aqui!

AHOE - Foto 278

Ofélia, ao ver aquela cena rapidamente ficou chocada. Desbotaram leves lágrimas em seu rosto. Tudo em sua vida era uma grande farsa? Ofélia estava vivendo uma grande mentira? Ofélia rapidamente se lembrou de momentos como Jéssica mentir a respeito de tal ladrão que havia invadido a casa, porque temia que algo poderia ter acontecido com Ofélia. Ela também pensou isso. Lembrou-se da morte de Jéssica, que teria sido assassinada por Olívia. E as outras grandes e descaradas mentiras contadas pela tia. Ofélia queria vingança, mas matar a própria tia não resolveria nada. Era só uma questão de tempo. Quando Olívia menos perceber, Ofélia a ‘atacará’ de uma vez por todas.
CONTINUA...

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória