FANDOM


Um Novo Problema
Capa Cap 11.png
Nome Um Novo Problema
Escrito por [[Usuário:AtMisaelChannel|AtMisaelChannel]]
Data de lançamento 23 de Janeiro de 2014
Simsérie A História de Olívia Espectro
Classificação A leitura não é recomendada para menores de 14 (catorze) anos. 14 anos

Cronologia
Temporada 1
Capítulo Anterior Capítulo 10: A Nova História
Próximo Capítulo Capítulo 12: Um Dia Após o Outro
Mudou-se.png

Propriedade

A História de Olívia Espectro - Capítulo 11: Um Novo Problema é de propriedade de AtMisaelChannel. A menos que a edição seja construtiva ou de poucos detalhes, peça permissão ao autor para editar a página.

Informação do Episódio

"Uma Visita Inesperada" é o décimo-primeiro capítulo de AHOE. Ainda escrito dia 22 de Janeiro de 2014, será lançado dia 23 de Janeiro de 2014. Neste episódio, há uma espécie de flashback, que volta até a noite anterior do capítulo 10 (noite em que Mané Crosado é executado). Jéssica ouve os tiros e Ofélia fica assustada, e ela pede para que ela se acalme e volte a dormir. Vendo Olívia chutar e cuspir no corpo do seu marido, Jéssica se assusta, e percebe que todas aquelas lápides do cemitério de fora da casa já faziam sentido estar lá. Assustada, na manhã seguinte evita Olívia, pois pensa em pedir demissão. Mais tarde, ela dá uma ligação à policia e posteriormente seus pais, pois ela queria voltar para lá. Olívia soube que Jéssica descobriu seu plano de matar vítimas para se encontrar com a morte, e bola algum plano para matá-la.

Episódio

AHOE - Foto 171.png

- Aííí, Jéssica! O que foi isso? Será que mataram minha tia, ou tem ladrão aqui em casa??? – Gritou Ofélia. - *sniff* *sniff* Estou com medo!
- Calma, claro que não! Ofélia, minha linda, volte a dormir enquanto eu vou investigar tudo isso.

E então, naquela noite do capítulo anterior, onde Mané Crosado era assassinado por Olívia, Jéssica e Ofélia teriam ouvido sim os barulhos dos tiros, apesar de Olívia não perceber e ambas terem acordado.
BOM BOM BOM!
Elas levaram um susto! Rapidamente Jéssica se levantou e voltou pra cama, enquanto Ofélia chorava de leve. - Aííí, Jéssica! O que foi isso? Será que mataram minha tia, ou tem ladrão aqui em casa??? – Gritou Ofélia. - *sniff* *sniff* Estou com medo!
- Calma, claro que não! Ofélia, minha linda, volte a dormir enquanto eu vou investigar tudo isso. – Dizendo isso, ela se levantou e dirigiu-se até a porta, até o momento em que Ofélia grita.
- E se acontecer algo com você???
- Não vai. Confia em mim. Volte a dormir, não se preocupe.

AHOE - Foto 172.png

Com a maior cautela possível, Jéssica andou de mansinho para não ser pega. Escondida na sala, ela havia visto Olívia carregar um corpo: Sim, era do seu ex-marido, Mané Crosado!

Com a maior cautela possível, Jéssica andou de mansinho para não ser pega. Escondida na sala, ela havia visto Olívia carregar um corpo: Sim, era do seu ex-marido, Mané Crosado! Jéssica achou que aquilo era uma pegadinha, mas esfregou os olhos e percebeu que aquilo não era. O corpo tinha sangue na barriga e Olívia parecia estar carregando-o para trazer lá pra fora.

AHOE - Foto 173.png

- Ai Meu Deus! Será verdade? Olívia matou seu próprio marido!!! Será que era golpe do baú? Ouvi dizer que Mané Crosado era dono de uma imensa fortuna de simoleons! – Murmurou Jéssica, completamente assustada com o que estava vendo.

- Ai Meu Deus! Será verdade? Olívia matou seu próprio marido!!! Será que era golpe do baú? Ouvi dizer que Mané Crosado era dono de uma imensa fortuna de simoleons! – Murmurou Jéssica, completamente assustada com o que estava vendo.

AHOE - Foto 174.png

- Então é verdade, Olívia o matou! Assassina! Então quer dizer que todas aquelas lápides no quintal foi Olívia quem matou? Não acredito...

Olívia deixou a porta aberta e, sorrateiramente, Jéssica confere de fininho o que Olívia pretendia fazer com o cadáver. Iria enterrá-lo! - Então é verdade, Olívia o matou! Assassina! Então quer dizer que todas aquelas lápides no quintal foi Olívia quem matou? Não acredito... Eu achei que Olívia fosse minha amiga... Amanhã mesmo eu pedir demissão e morar de volta com meus pais, sniff... Se eu continuar aqui, vai que eu seja a próxima da lista dela... – Disse Jéssica, aos prantos. Até que uma presença magnifica a assustaria. – Meu Deus, o que é aquela coisa luminosa vinda ali???


AHOE - Foto 175.png

- Ughhh! Dona Morte??? Não é aquele bicho que vem pegar os Sims depois que morrem? Eu estava certa! – Jéssica ficou apavorada por um minuto.

- Ughhh! Dona Morte??? Não é aquele bicho que vem pegar os Sims depois que morrem? Eu estava certa! – Jéssica ficou apavorada por um minuto.
E de repente, Olívia começa a conversar com Dona Morte. Jéssica ouve tudo, desde a última palavra, e nenhum dos dois suspeitam que estivessem sendo ouvidos!
- Meu Deus! Olívia mata todas essas pessoas pra se encontrar com esse bicho??? Senhor Jesus, me salve, eu estou louca!
Posteriormente, eles saem de lá e vão até a casa. Por um impulso, quase Jéssica não é pega.

AHOE - Foto 176.png

- Meu Deus! Que loucura! Estou no hospício... Não, já chega pra mim! Amanhã mesmo peço minha demissão! Mas, quero ir embora depois da manhã... Amo a pequena Ofélia e não posso deixar que nada aconteça á ela... – Disse Jéssica, angustiada.

E Jéssica logo percebe que eles estavam indo para o quarto. Jéssica estranhou, já que nem passava pela sua cabeça o que eles iriam fazer. Até que ela começa a ouvir granidos, gemidos, dores. Correu até a porta para ouvir de perto e percebeu que ela estava fazendo Oba-Oba com a morte!
- Meu Deus! Que loucura! Estou no hospício... Não, já chega pra mim! Amanhã mesmo peço minha demissão! Mas, quero ir embora depois da manhã... Amo a pequena Ofélia e não posso deixar que nada aconteça á ela... – Disse Jéssica, angustiada.

AHOE - Foto 177.png

- Jéssica, você voltou! – Disse Ofélia, um pouco mais aliviada. – O que havia acontecido?
- Ah. Nada de mais... Era ladrão mesmo... Mas sua tia Olívia foi uma guerreira: roubou a arma dele e atirou, e ele foi morto! – Mentiu Jéssica. Ela não queria que a garota crescesse assustada, mas ela não poderia esconder por muito tempo. Era para uma boa razão. Porém, uma hora ou outra a pequena Ofélia Nigma descobriria de toda a verdade.

- Jéssica, você voltou! – Disse Ofélia, um pouco mais aliviada. – O que havia acontecido?
- Ah. Nada de mais... Era ladrão mesmo... Mas sua tia Olívia foi uma guerreira: roubou a arma dele e atirou, e ele foi morto! – Mentiu Jéssica. Ela não queria que a garota crescesse assustada, mas ela não poderia esconder por muito tempo. Era para uma boa razão. Porém, uma hora ou outra a pequena Ofélia Nigma descobriria de toda a verdade.
- Ah, que bom! Odeio ladrões! Vamos voltar a dormir?
- Sim. Mas, já era pra você estar dormindo, mocinha! O que tá fazendo acordada uma hora dessas da noite? Você tem escola bem cedo!
- Eu sei mas, eu não consegui dormir, pensei que poderia acontecer algo com você, daí fiquei acordada por isso... Por isso, roí minhas unhas todas de medo! Bom, boa noite Jéssica. Com você aqui eu fico mais aliviada ainda!
- Hehe! Bom, já está tudo bem agora, graças a Deus, vamos voltar a dormir. Boa noite. Bons sonhos, Ofélinha.

AHOE - Foto 178.png

Na manhã seguinte, Jéssica acordou, tomou um banho e se arrumou com a sua clássica roupa de empregada doméstica francesa. Ela acordou Ofélia algumas horas depois para mais um dia de escola, e até preparou o seu lanche.

Na manhã seguinte, Jéssica acordou, tomou um banho e se arrumou com a sua clássica roupa de empregada doméstica francesa. Ela acordou Ofélia algumas horas depois para mais um dia de escola, e até preparou o seu lanche. Ofélia mal sabia que era a última vez que ela iria ver Jéssica. Jéssica ficou limpando alguns móveis empoeirados, varrendo a casa e regando as plantas. Antes de sair daquela casa, queria se certificar de que tudo estaria limpo.

AHOE - Foto 179.png

- BOM DIA, JÉSSICA! TÁ SURDA MULHER? – Gritou Olívia.
- Ah, oi oi oi, desculpa Olívia, bom dia.

Minutinhos depois, Olívia também acorda para mais um dia de vida.
- Bom dia, Jéssica!
Jéssica estava limpando o vaso. Ela ouviu a chamar, mas se fez de boba e não respondeu, com um pouco de medo de sua própria patroa, que acabara de descobrir que era uma assassina.
- BOM DIA, JÉSSICA! TÁ SURDA MULHER? – Gritou Olívia.
- Ah, oi oi oi, desculpa Olívia, bom dia.
- Não faz mal. O que aconteceu?
- Nada de mais... Noite cheia... Tive um pesadelo horrível, daí eu não consegui dormir mais.
- Oh, não se preocupe, tudo está bem agora.
- Cadê o Mané? – Perguntou Jéssica. Ela saberia muito bem que iria mentir, só queria se certificar disso.

AHOE - Foto 180.png

- Ah... É que-que... – Olívia gaguejou no momento. – É que ele teve que fazer uma viagem ontem de madrugada, sabe? Viagem de negócios, hehe! Daí eu soube que ele morreu, pobrezinho... Eu o amava tanto... Acabaram de me ligar hoje cedo!
- Poxa, coitado! Não se preocupa boba, ele está num lugar melhor agora.

- Ah... É que-que... – Olívia gaguejou no momento. – É que ele teve que fazer uma viagem ontem de madrugada, sabe? Viagem de negócios, hehe! Daí eu soube que ele morreu, pobrezinho... Eu o amava tanto... Acabaram de me ligar hoje cedo!
- Poxa, coitado! Não se preocupa boba, ele está num lugar melhor agora.
- É eu sei. Me entregaram o corpo e eu já enterrei lá no quintal. Eu herdei a fortuna dele. Não é demais? Eu tô mais rica que já estou, hehehe! Não se preocupa, te darei umas férias remuneradas e um aumento.
- Obrigada Olívia! Se me permite, vou ao banheiro rapidinho. Tenho que fazer uma ligação do meu celular pra minha mãe... Ela estava doente de cama, só quero saber se está tudo bem. Caso queira o café, ele está lá na cozinha.
- Tá bom... Obrigada Jéssica, você é incrível!

AHOE - Foto 181.png

- Aí, atende, atende, por favor... ALÔ! Mãe, ainda bem que você me atendeu! Então, eu vou pedir demissão para Olívia. É, eu vou sair daqui! É um trabalho muito pesado, muito horrível!

E então, o café já estava na mesa para Olívia aproveitar e Jéssica correu até o banheiro para fazer a suposta ligação até sua mãe.
- Aí, atende, atende, por favor... ALÔ! Mãe, ainda bem que você me atendeu! Então, eu vou pedir demissão para Olívia. É, eu vou sair daqui! É um trabalho muito pesado, muito horrível! Pois é... Posso ficar com vocês por uns tempos? Não é pra sempre. Em breve eu terei casa própria e quem sabe eu não terei uma chance com aquele gatinho da padaria ali de baixo? Sério? Obrigada de verdade, mãe!! Papai está em casa? Ah, é mesmo, ele sempre vai jogar bingo de manhã... Da última vez ele perdeu quase 500 Simoleons com isso, espero que ele realmente ganhe desta vez... Então, eu liguei porque tenho uma coisa muito chocante pra dizer pra você...

AHOE - Foto 182.png

Olívia percebeu que faltava açúcar para colocar no seu café e Olívia iria perguntar rapidinho a Jéssica se ela havia ido ao supermercado de Estranhópolis e tivesse comprado alguns pacotes de açúcar... Um pouco bisbilhoteira e enxerida, Olívia resolveu espionar a conversa. Apesar de ser errado, ela inventaria uma desculpa no final de que “ouviu sem querer”.

Olívia percebeu que faltava açúcar para colocar no seu café e Olívia iria perguntar rapidinho a Jéssica se ela havia ido ao supermercado de Estranhópolis e tivesse comprado alguns pacotes de açúcar... Um pouco bisbilhoteira e enxerida, Olívia resolveu espionar a conversa. Apesar de ser errado, ela inventaria uma desculpa no final de que “ouviu sem querer”.
- Mãe, essa casa é um perigo! Não tem a Olívia? É, a Olívia Muenda, minha patroa... É, ela é louca! Ontem a noite eu ouvi tiros aqui e pensei que pudesse ser um ladrão ou sei lá, que a própria Olívia tinha morrido... Corri pra ver o que era, e ela estava carregando o cadáver do marido dela! É, ela realmente matou! Deu pra ver a barriga dele toda cheia de sangue... Em seguida, ela foi enterrar o corpo lá fora, e a Dona Morte apareceu! É, em pessoa pra ela. Eles começaram a se falar e fazer Oba-Oba! Pois é, ela é louca de pedra, ela ainda mata as vítimas para se encontrar com ela! Daqui a pouco mesmo vou pedir minha demissão. É, vai ser melhor sair daqui. É um perigo, mãe! Eu posso ser a próxima da lista dela, e quem sabe, a sobrinha também! Bom, tenho que desligar... Preciso voltar para o meu serviço! Calma mãe, vai tudo dar certo. Beijos. Não esqueça de ligar para a polícia quando eu chegar.
Olívia não havia acreditado em tudo aquilo que Jéssica havia falado. Ela já sabia de tudo, tudo e tudo. Olívia mal podia acreditar no que “sua amiga” havia falado dela.
- Que vagabunda... E ela ainda vai pedir demissão! Isso é o que veremos! Ah, só por cima do meu cadáver queridinha! Hoje mesmo eu acabo com sua raça, puta! Droga, ela descobriu todo o meu plano! Ela deve ter me visto ontem à noite... Prepare-se pros seus últimos dias de vida que te resta! E se tá achando que vai ficar tudo assim na boa e contar pra todo mundo, tá muito enganada!
Disse Olívia. Rapidamente, ela foi a cozinha, como se nada houvesse acontecido. Aquele papinho de “sem querer” já estava descartado de sua lista. Ela havia percebido que Jéssica já estava saindo do banheiro, pois ouviu a maçaneta se mexer.

AHOE - Foto 183.png

- Ah, oi Jéssica, passei aqui na cozinha pra verificar se tinha açúcar pro meu café. Você comprou os dois sacos de açúcar que te pedi?
- Ah, oi Olívia. Eu só comprei um, pois o supermercado iria ser reabastecido quando eu havia ido lá na segunda, desculpa! Se quiser, mais tarde eu vou lá de uma vez.

- Ah, oi Jéssica, passei aqui na cozinha pra verificar se tinha açúcar pro meu café. Você comprou os dois sacos de açúcar que te pedi?
- Ah, oi Olívia. Eu só comprei um, pois o supermercado iria ser reabastecido quando eu havia ido lá na segunda, desculpa! Se quiser, mais tarde eu vou lá de uma vez.
- Ah, não precisa, eu bebo outra coisa, o café já está me deixando biruta. E então, sua mãe está bem? Você fez a ligação?
- Sim, ótima! Sabe Olívia, estou pensando em pedir demissão pra ficar cuidando dela... Sabe, ela já está velhinha, e ela só tem o meu pai ao lado dela...
- Ahhh... Sua presença nessa casa era tão prestigiada nesta casa... Principalmente pela Ofélia... É uma pena você ir... Melhoras pra sua família, viu?
- Me desculpa, mas prometo que faço algumas visitinhas aqui, principalmente para vê-la!
- Ela te adora mesmo, tem vezes que ela só me fala de você...
- Sério? Hehehe... Bom, preciso terminar meu trabalho, se me permite.
- Vai lá querida, vai lá...

AHOE - Foto 184.png

“Vê se aproveita seus últimos dias nessa casa, sua desgraçada. Depois do almoço você nunca mais irá ver a luz do dia na sua vida! Aproveita preu não te pegar mais cedo pois eu quero essa casa impecável. Trabalhe, sua escrava branca e feia!“. Murmurou Olívia, assim que Jéssica havia acabado de deixar a cozinha.

“Vê se aproveita seus últimos dias nessa casa, sua desgraçada. Depois do almoço você nunca mais irá ver a luz do dia na sua vida! Aproveita preu não te pegar mais cedo pois eu quero essa casa impecável. Trabalhe, sua escrava branca e feia!“. Murmurou Olívia, assim que Jéssica havia acabado de deixar a cozinha.

AHOE - Foto 185.jpg

Depois do almoço, Jéssica havia ido pegar o prato da Olívia para começar a limpar a louça. Olívia ficou pensando em várias formas de aniquilá-la, já que seria daqui a poucos minutos... Afinal, já que ela sabe de todo esse mistério de Olívia, quando ela sair dessa casa ela poderia fofocar para toda a Estranhópolis, resultando em sua prisão.

Depois do almoço, Jéssica havia ido pegar o prato da Olívia para começar a limpar a louça. Olívia ficou pensando em várias formas de aniquilá-la, já que seria daqui a poucos minutos... Afinal, já que ela sabe de todo esse mistério de Olívia, quando ela sair dessa casa ela poderia fofocar para toda a Estranhópolis, resultando em sua prisão.

AHOE - Foto 186.png

- Jéssica, está tudo bem? Você tá um pouco diferente, tá tão calada... Só por curiosidade, tá querendo sair dessa casa logo, é?
- Tá tudo sim, Olívia. Não, hehe. É o trabalho que me deixa com a cabeça cheia, só isso...
- Ah bom! Você quer ajuda pra limpar os pratos?
- Não não, obrigada... Eu sei me virar sozinha. Pode deixar que eu cuido daqui.
- NÃO PODE NÃO!
- O QUÊ?

AHOE - Foto 187.png

- TOMA! – Rapidamente, quando Jéssica iria se virar para ofender Olívia, a mesma a chuta pelas costas e dolorosamente ela cai em outro cômodo da casa. Olívia também pega sua arma que sempre está ao seu lado.

- TOMA! – Rapidamente, quando Jéssica iria se virar para ofender Olívia, a mesma a chuta pelas costas e dolorosamente ela cai em outro cômodo da casa. Olívia também pega sua arma que sempre está ao seu lado.

AHOE - Foto 188.png

- Como você é falsa... Trouxa! Achou que podia escapar assim de mim, né? Demissão uma ova! Eu ouvi toda a sua conversinha com a sua mãe! Então quer dizer que você me viu ontem a noite carregando aquele cadáver...

- Como você é falsa... Trouxa! Achou que podia escapar assim de mim, né? Demissão uma ova! Eu ouvi toda a sua conversinha com a sua mãe! Então quer dizer que você me viu ontem a noite carregando aquele cadáver... E sabe de tudo sobre mim! E se tá achando que vai sair dessa casa e fofocar pra todo mundo e muito menos chamar a polícia tá enganada! – Gritou Olívia. Ela realmente estava revoltada.

AHOE - Foto 189.png

- Isso mesmo! Eu que te pergunto! A falsa e trouxa nessa história é você! Pensei que você fosse minha amiga... Mas é pior do que eu pensei!

- Isso mesmo! Eu que te pergunto! A falsa e trouxa nessa história é você! Pensei que você fosse minha amiga... Mas é pior do que eu pensei! Você vem mentindo pra mim desde quando eu cheguei nessa casa. Matar alguém é errado e desumano! Abaixa logo essa arma e me deixe em paz! – Gritou Jéssica. Zangada, ela ficou com os braços cruzados para retrucar Olívia.
- Não importa! Não posso deixar uma empregadinha de quinta estragar a minha reputação! O que os vizinhos vão pensar de mim? Na-na-ni-na-não!
- Só por cima do meu cadáver!

AHOE - Foto 190.png

- Foi você quem pediu, então... Adeus Jéssica... Foi bom enquanto durou. Desculpe-me, mas você sabe demais. – Dito e feito. Olívia disparou 10 tiros em seu abdômen. Sem o total equilíbrio do corpo, Jéssica fica inconsciente, perde o equilíbrio do corpo e cai no chão.

- Foi você quem pediu, então... Adeus Jéssica... Foi bom enquanto durou. Desculpe-me, mas você sabe demais. – Dito e feito. Olívia disparou 10 tiros em seu abdômen. Sem o total equilíbrio do corpo, Jéssica fica inconsciente, perde o equilíbrio do corpo e cai no chão.

AHOE - Foto 191.png

Jéssica Ebadi está morta. Ela havia perdido muito sangue, e rapidamente morreu. Olívia, se sentiu satisfeita naquela hora, pois saberia que a sua história não seria mais exposta lá fora. Ela rapidamente sentiu um alívio na alma, mas um pouco triste por ter matado sua melhor amiga.

Jéssica Ebadi está morta. Ela havia perdido muito sangue, e rapidamente morreu. Olívia, se sentiu satisfeita naquela hora, pois saberia que a sua história não seria mais exposta lá fora. Ela rapidamente sentiu um alívio na alma, mas um pouco triste por ter matado sua melhor amiga.

AHOE - Foto 192.png

- Olívia! Olá, meu amor! Pelo visto você matou outra pessoa para se encontrar comigo! Você realmente me ama!
- Isso mesmo. Tá vendo aquela vagabunda no chão? É, leve-a. Eu a matei. Essa nojenta andou nos espionando ontem à noite, sem que a gente percebesse...

- Olívia! Olá, meu amor! Pelo visto você matou outra pessoa para se encontrar comigo! Você realmente me ama!
- Isso mesmo. Tá vendo aquela vagabunda no chão? É, leve-a. Eu a matei. Essa nojenta andou nos espionando ontem à noite, sem que a gente percebesse... E queria pedir demissão! É claro que eu não iria deixa-la solta por aí pra fazer o que quisesse...
- Fez bem, Olivia! Fez muito bem!

AHOE - Foto 193.png

Com o corpo já enterrado, a lápide já colocada e Dona Morte buscado o corpo de Jéssica, Olívia pôs uma pequena poltrona lá fora, para observar tudo melhor. Deixou o ambiente se manifestar. Aproveitou para lamentar algumas mortes e rir de outras.

Com o corpo já enterrado, a lápide já colocada e Dona Morte buscado o corpo de Jéssica, Olívia pôs uma pequena poltrona lá fora, para observar tudo melhor. Deixou o ambiente se manifestar. Aproveitou para lamentar algumas mortes e rir de outras.

AHOE - Foto 194.png

- Oi Ofélia! Como foi a escola hoje?
- Foi legal... Eu encontrei alguns amigos hoje... Mas não fiz nada especial... Cadê a Jéssica?
- Bom... A Jéssica?...

- Tia, tia! Cheguei!
- Oi Ofélia! Como foi a escola hoje?
- Foi legal... Eu encontrei alguns amigos hoje... Mas não fiz nada especial... Cadê a Jéssica?
- Bom... A Jéssica?...
- É... Cadê ela?
- Me desculpa Ofélia, mas... A... Jéssica morreu...
- O QUÊ???

AHOE - Foto 195.png

- ISSO É UMA PEGADINHA??? TEM ALGUMA CÂMERA ESCONDIDA AQUI??? TIA, PELO AMOR DE DEUS, NÃO ME ASSUSTA! ME DIZ A VERDADE!
- Não querida, não tem. É verdade, não estou brincando, afinal, sou sua tia... Eu nunca menti pra você. Hoje cedo, vieram dois ladrões aqui. Eles me renderam e eles pegaram Jéssica. Eles acertaram dez tiros no abdômen dela, e ela morreu.

Rapidamente, Ofélia se assustou e desbrotaram inúmeras lágrimas do seu olho. Jéssica era como se fosse sua irmã. Ela a ouvia, entendia.
- ISSO É UMA PEGADINHA??? TEM ALGUMA CÂMERA ESCONDIDA AQUI??? TIA, PELO AMOR DE DEUS, NÃO ME ASSUSTA! ME DIZ A VERDADE!
- Não querida, não tem. É verdade, não estou brincando, afinal, sou sua tia... Eu nunca menti pra você. Hoje cedo, vieram dois ladrões aqui. Eles me renderam e eles pegaram Jéssica. Eles acertaram dez tiros no abdômen dela, e ela morreu. Por sorte, quase não fui morta. Liguei para a polícia a tempo e eles foram presos.
- *Sniff* *Sniff*... Se eu tivesse uma máquina do tempo... Eu acabaria com esses ladrões e não deixaria eles pegarem vocês!
- Calma, querida... Eu a enterrei lá no quintal... Pode lamentar a sua morte. Sinto muito. A vida é muito curta. Todos nós morreremos um dia.

AHOE - Foto 196.png

Rapidamente, a menina correu até o quintal, onde identificou o túmulo dela e desesperadamente, começou a chorar. Ofélia faria qualquer coisa pra trazer sua melhor amiga de volta á vida, mas não era mais possível.

Rapidamente, a menina correu até o quintal, onde identificou o túmulo dela e desesperadamente, começou a chorar. Ofélia faria qualquer coisa pra trazer sua melhor amiga de volta á vida, mas não era mais possível. Olívia se sentiu um pouco triste por ter mentido para Ofélia e por ter matado Jéssica, já que sua sobrinha a considerava como uma irmã. Mas, ela estava satisfeita. Era assim que tinha que ser. Olívia já não disse mais nada.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória