FANDOM


Um Pouco de Aventura
Nome Um Pouco de Aventura
Escrito por AmandaMM
Data de lançamento 25 de Novembro de 2013
Simsérie 12 Dias para Amar
Classificação A leitura não é recomendada para menores de 12 (doze) anos. 12 anos

Cronologia
Próximo Capítulo Domingo Pacato
Mudou-se.png

Propriedade

12 Dias para Amar - Capítulo 1: Um Pouco de Aventura é de propriedade de AmandaMM. A menos que a edição seja construtiva ou de poucos detalhes, peça permissão ao autor para editar a página.
12 Dias para Amar - Capítulo 1 (01).png

Fui até lá procurar um pouco de aventura, como sempre quis, já tinha ido à China com meu irmão, e em meu último dia de viagem até o momento só comi e procurei umas pedras preciosas pela cidade para uma senhorita. Nada mais. O que realmente me interessava estava debaixo de meus olhos o tempo todo.

Perto dos alojamentos uma porta pequena, isolada de qualquer um e até aquele momento eu, entrei e me fascinei. Jamais tinha visto algo assim, cheia de mistérios, com ecos sombrios que me guiariam a relíquias, a perigo, sempre gostei de um pouco de aventura e perigos, meu irmão que o diga. Explorei um pouco, quebra cabeças para variar, armadilhas para desmontar e um tesouro no final.

12 Dias para Amar - Capítulo 1 (02).png

Moedas antigas! Um pequeno vaso que vale uma fortuna! Eis o que todo explorador nato como que espera encontrar! Uma maneira única de enriquecer ou apenas passar o tempo, explorando essas catacumbas e cavernas em lugares pacatos. Se eu tivesse descoberto isso antes passaria esses três dias que tive fazendo isso, somente isso. Pego tudo e agora devo passar por todas aquelas portas que consegui destravar.

Enquanto eu deixava o local, ouvi sons, sons muito estranhos. Passos, secos e lerdos, alguns pequenos gritos de horror que me fez tremer enquanto subia uma escadaria. Senti vontade de voltar lá e ver o que era, mas isso me fez perceber que esse lugar está cheio de mistérios e que me dão motivos para retornar. Mas agora devo apenas retornar aos alojamentos e arrumar minhas coisas, está perto de anoitecer.

12 Dias para Amar - Capítulo 1 (03).png

Já está tarde aqui, mas meu fuso-horário me faz ainda está acordado, assando um pouco de comida nessa pequena fogueira. Enquanto isso tento imaginar o que era aquilo que ouvi na caverna enquanto eu ia embora, estou realmente curioso, e essa curiosidade me faria ir atrás agora mesmo, mas meu voo sai em algumas horas, acho melhor terminar de comer isso e logo me preparar para partir, ansioso para voltar. A viagem é cansativa, deve ser o tempo, meu desgaste é incalculável, mesmo não fazendo quase nada.

E para piorar ainda, não consigo pregar os olhos com um passageiro perto de mim que não parava de roncar. Deveria ter repensado minha escolha, prefiro torrar tudo na classe alta à na econômica. Pelo menos cheguei a casa, bela Hidden Springs ainda coberta de neve, isso me faz lembrar semana passada, quando eu e Daniel fazíamos guerra de bolas de neve como quando éramos duas crianças de roupas iguais. Não devo ter mencionado, mas Daniel é meu irmão gêmeo, temos nossas diferenças, mas não vivemos sem um ao outro. Isso me faz querer falar com ele assim que chagar, mas a casa está silenciosa nessa meia noite de sábado, e decido ir dormir.

12 Dias para Amar - Capítulo 1 (04).png
12 Dias para Amar - Capítulo 1 (05).png

Acordo por volta de dez da manhã, ai como é bom dormir em uma cama de novo, estava cansado daquelas barracas no Egito, acho que é o único lado negativo de viajar para lá. Acordo e enquanto arrumo minha cama, sinto Daniel surgi atrás de mim, mas o que faria ele aqui há essa hora em meu quarto? Não faço ideia. Assim que termino, Daniel se aproxima e diz:

- Como foi à viagem mano? Deve ter chegado tarde ontem, não?

Eu respondo de imediato:

- Ótima... Ótima... Tanto que quero voltar lá segunda-feira dessa semana ainda. Deixei coisas pela metade...

Daniel um tanto curioso diz:

- Já? Ora, mas o que deixastes pela metade?

Eu digo empolgando-me:

- Mistérios, irmão, mistérios! Que vou solucionar assim como todas aquelas tumbas e monumentos não explorados.

Daniel diz sorridente:

- Conheço-te bem, aventure-se enquanto ainda jovem, suas idéias de casamento podem interferir, saiba.

Eu balanço a cabeça, Daniel então surge com um novo assunto:

12 Dias para Amar - Capítulo 1 (06).png

- Mudou-se para as redondezas uma família ontem pela manhã, pensei que poderíamos ir lá e dá as boas vindas, pensei também que você com seu jeito cortês e eu com meu jeito amistoso poderíamos fazer isso juntos, o que me diz?

Eu penso um pouco e digo com disposição:

- Claro que sim porque não? Vou me trocar e preparar algo para comermos, depois, certo?

Daniel sorrir e diz:

- Ok, estou indo ver TV.

Ele sai do meu quarto, agora devo me vestir e descer para preparar alguma coisa, talvez panquecas.

12 Dias para Amar - Capítulo 1 (07).png

Já na cozinha, começo a preparar as panquecas, devo demorar um pouco aqui, não sou tão bom, mas ainda assim sou melhor que Daniel, a isso sim. Quando tudo está pronto, comemos juntos e em silêncio na mesa, Daniel se oferece para lavar a louça e eu subo para o quarto e dar uma última ajeitada em mim. Quando desço novamente Daniel já me aguarda dentro de nosso carro, eu entro e partimos e o destino é uma casa a algumas ruas daqui.

Ao descer do carro, Daniel vai à frente e eu fico mais atrás. Vejo uma mulher fora da casa descendo alguns degraus, parece que pretende ir brincar com a grande quantidade de neve ao redor. Ela vê Daniel e vai à direção dele, alcanço-os e me posiciono ao lado de Daniel, trocamos alguns olhares, eu em particular para observar as características físicas da moça.

12 Dias para Amar - Capítulo 1 (08).png

Daniel e ela trocam um aperto de mãos, Daniel diz sorridente:

- Bom dia, sou Daniel e este é meu irmão gêmeo, viemos dá boas vindas.

Ela sorri e diz:

- É um prazer conhecê-lo!

Depois eu me aproximo dela e faço uma reverência, pondo em pratica o meu cavalheirismo nato. Vejo-a se surpreender, eu digo então voltando à postura:

- Alberto Salles, encantado em conhecê-la, senhorita...?

Ela estende a mão delicadamente e diz:

- Maíra Mello...

Ela se interrompe no momento que beijo sua mão, depois ela diz sorrindo:

- Encantada, Alberto. Apenas digo que finalmente conheci uma verdadeira dama, que aceite sem estranhar o meu cavalheirismo.

12 Dias para Amar - Capítulo 1 (09).png

Maíra nos convida para entrar, ocupo um lugar ao lado dela no sofá de dois lugares em sua sala e Daniel senta-se numa cadeira logo atrás de nós. Eu então inicio um assunto:

- Então Maíra, o que te trás a cidade de Hidden Springs? Alguma ambição?

Colocando-se eu uma postura pensativa, Maíra diz:

- Deixe-me pensar.

Nesse intervalo, Daniel diz atrás de nós:

- Eu quero conseguir uma faixa preta em Artes Marciais.

Maíra comenta:

- Que legal Daniel!

Eu digo então:

- Quanto a mim, momentaneamente quero explorar. Voltei do Egito ontem à noite inclusive, e pretendo voltar essa segunda-feira.

Maíra diz interessada:

- Sério? Deve ser legal o Egito...

Daniel a interrompe e diz:

- Aquele lugar cheio de areia e histórias assustadoras sobre múmias? Eu, hein! Só o Alberto para gostar disso mesmo!

12 Dias para Amar - Capítulo 1 (10).png

Passamos um curto tempo rindo das palavras de Daniel, Maíra então se vira para mim e diz um pouco sorridente:

- Uma das minhas ambições é arrumar um emprego preferencialmente na área política.

Eu comento:

- Área política... aqui é pouco concorrida até onde eu sei você tem boas chances.

Daniel diz:

- É verdade.

Maíra continua voltando seu olhar para o chão:

- Também vim aqui para procurar alguém.

Eu digo curioso e interessado:

- Alguém?

Daniel se levanta da cadeira e diz:

- Um marido?

Silêncio. Ouço os passos de Daniel na minha direção, depois ele coloca a mão em meu ombro e diz risonho:

- Se é isso que procura já encontrou! Ele é perfeito para ocupar o cargo!

Maíra ri timidamente, eu me levanto irritado com Daniel e dou um grito para ele:

12 Dias para Amar - Capítulo 1 (11).png

– Enlouqueceu? Isso é modo de falar? Não deboche de mim dessa maneira e não humilhe de tal forma a senhorita Mello!

Maíra se levanta, Daniel diz incompreensível:

- Deboche? Humilhação? Foi apenas uma brincadeira! Seu imprestável, vou embora!

Daniel se arruma para ir, e fica olhando de cara feia para mim, como se me obrigasse a acompanhá-lo. Vou até Maíra e digo sério:

- Mil perdões pela indelicadeza de meu irmão, bem, roupa suja se lava em casa, devemos ir e saiba que quando precisar estaremos à disposição. Até mais ver.

Maíra olha para mim e diz:

- Até logo rapazes.

Daniel diz em seguida meio envergonhado:

- Desculpe Maíra, tchau.

12 Dias para Amar - Capítulo 1 (12).png

Retiramo-nos sem trocar palavras ou olhares, como se estivéssemos brigados, precisamos nos entender apenas, nada mais. Foi indelicado da parte de Daniel falar aquilo, Maíra parece uma ótima pessoa, creio que poderemos criar laços de amizade, tanto eu quanto Daniel com essa moça.

Quando descemos do carro, Daniel sai da frente e fica parado ao lado da porta, como se me esperasse para entrarmos. Quando eu me aproximo dele, ele se vira para mim e diz:

- Me desculpe se eu te constrangi, ou constrangi a moça. Foi apenas uma brincadeira, não irá se repetir.

Eu dou um sorriso para ele e digo:

- Sim, eu entendi. Obrigado então.

Daniel um pouco sem jeito diz então:

- Um abraço, meu irmão?

Abraçamo-nos então como um selo de que estamos de bem novamente.

12 Dias para Amar - Capítulo 1 (13).png

Assim que entramos, Daniel vai preparar alguma coisa para comer, são inexplicavelmente três da tarde e estou com vontade de jogar um pouco de vídeo game. Daniel se junta há mim um tempo depois, mas logo vai embora. Por volta das seis da tarde faço uma salada para mim e como silenciosamente na cozinha. Acho que devo agora tomar um banho e procurar algo o que fazer em seguida.

Depois do banho, lembro-me que estou há muitos dias sem fazer meu passatempo favorito aqui em casa, que é tocar minha bateria. Desde a adolescência, minha fase de “Rock’n Roll” que eu até hoje amo minha bateria, à hora de dormir se aproxima, porém não vejo melhor forma de esperar esse tempo passa, já que pelo visto Daniel está assistindo TV em seu quarto. Isolado como toda noite. Direciono-me a pequena sala onde tem minha bateria, umas cadeiras e uma estante de livros e começo a tocar até a hora de ir dormir.

12 Dias para Amar - Capítulo 1 (14).png

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória